Sinto mesmo o que sinto?

“Esperem, não devo escrever tudo o que me vem à cabeça. Às vezes, representamos como atores, perante nós próprios, e até aquilo que brota espontaneamente do coração costuma não ser sincero. Os sentimentos usam máscaras até em sua câmara mais íntima.”

Trecho do romance Abdias, de Cyro dos Anjos

Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz