Até o Senna queria se livrar do Galvão?

“O Ayrton tinha aquela cara de bonzinho, mas era muito sacana. Uma vez, fomos embarcar para Miami e ele prendeu três cadeados nas passadeiras da minha calça, sem que eu percebesse. Evidentemente, fui barrado no raio X. E eu dizia: ‘Mas como vou tirar isso daqui se não tenho a chave?’. E o Ayrton falava para o americano do controle que estava me barrando: ‘Ele é maluco, não permita que esse louco entre no avião’.”

Do locutor Galvão Bueno 
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz