Arquivo de fevereiro de 2014

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Pacto fáustico

“O justiceiro primeiro será seu pit bull, depois vai querer ser seu sócio e, por último, seu patrão. Está bom para você?”

Da antropóloga Jaqueline Muniz
Compartilhar

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Indelicadeza gera indelicadeza

“Peguei um táxi. Comecei aquela conversa que costumo levar com os taxistas _sobre o calor, sobre o trânsito, sobre a vida em geral. 
– A senhora não faz ideia do que a gente enfrenta nesse serviço.
– Imagino! É preciso muita paciência para encarar esse trânsito. 
– Vou dizer uma coisa para a senhora: às vezes, eu acho que, comparando com os passageiros, o trânsito é até o de menos. Tem gente que, se pudesse, nem o endereço dava para não ter que falar com o motorista. Agora mesmo eu me estressei com uma mulher. Peguei ela na Glória, levei para Copacabana, nem boa tarde ela disse quando entrou no carro. Deixei ela lá, peguei outro passageiro. Rodei um pouco, tocou um celular no banco de trás e o passageiro me estendeu um telefone: ‘Olha, esqueceram aqui no seu carro!’. Eu atendi. Pois era a mulher que eu tinha deixado em Copacabana, já meio aos gritos comigo. ‘Esqueci meu telefone no seu carro, mas preciso muito dele, preciso que você devolva esse aparelho agora!’ Respondi que agora agora não ia dar, que estava tripulado e que ia até o Santos Dumont. Mas que, depois, levava o telefone até Copa se ela me pagasse a corrida. A mulher ficou doida: ‘Eu conheço esse golpe! Você inventou isso para se dar bem comigo! Vocês acham que a gente é trouxa, mas eu não sou!’. Assim, nesse tom. 
– Que horror! E o que é que você fez?
– Eu? Abri a janela e joguei o telefone fora.”

Do Facebook de Cora Ronai, jornalista e escritora

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Quem disse que sapos não viram príncipes?

O ator George Clooney na adolescência

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Nostalgia

“Vai demorar  muito para São Paulo voltar a ser o túmulo do samba?”

De uma senhora na Vila Madalena, incomodada com um dos vários
blocos carnavalescos que tomaram o bairro durante o fim de semana

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Nunca conseguiremos ficar alheios ao alheio?

“A gente tá querendo a vida boa
Boa como a vida de outras pessoas
Outras pessoas que também querem uma vida boa
Boa como a vida de outras pessoas”

Trecho de Vida Boa, canção da banda Eddie
Imagem de Amostra do You Tube

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

A tristeza dos contentes

“Desde quando sorrir é ser feliz?
Cantar nunca foi só de alegria
Com tempo ruim
Todo mundo também dá bom-dia”

Trecho de Palavras, canção de Gonzaguinha
Interpretada por Cida Moreira, num medley com Hotel das Estrelas,
música de Jards Macalé e Duda
Imagem de Amostra do You Tube

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Nada melhor do que beijinho no ombro pro elitismo passar longe?

Imagem de Amostra do You Tube
Coral da USP e Bateria de Agravo de Instrumento da São Francisco
interpretando Beijinho no Ombro, o hit da funkeira Valesca Popozuda

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Política de redução de danos

Clique na imagem para ampliá-la

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Não há inocentes na elite?

“Chegam nus, chegam famintos
À grade dos nossos olhos.
Expulsos da tempestade de fogo
Vêm de qualquer parte do mundo,
Ancoram na nossa inércia.

Precisam de olhos novos, de outras mãos,
Precisam de arados e sapatos,
De lanternas e bandas de música,
Da visão do licorne
E da comunidade com Jesus.

Os pobres nus e famintos
Nós os fizemos assim.”

Os Pobres, poema de Murilo Mendes

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

No fundo, o DiCaprio não passa de um loser?

Clique na imagem para ampliá-la
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz