Arquivo de dezembro de 2013

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Eu, raposa; você, uvas?

Não perdi nada quando te perdi.

Compartilhar

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Ela existe mesmo ou a inventei?

“E que ternura no rego dos seios, nos meios, na mata, nas rebembelas. Que nádegas!” 

Trecho de Cartas de um Sedutor, romance de Hilda Hilst

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Escuro em mim

Todo dia deixo o sol entrar. Então por que a luz não vem?

A partir da canção Longe de Você, escrita e interpretada por Vitor Ramil 
Imagem de Amostra do You Tube

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Abre-te, sésamo

– Cara, as coisas andam difíceis. Sabe do que estou precisando? De palavrinhas mágicas que me abram portas.
– Tipo “puxe” e “empurre”?

A partir do Facebook de Sonia Nascimento

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

O andar de cima e o de baixo

Quantos dias um trabalhador comum dos Estados Unidos tem de gramar para embolsar o que um CEO ganha em uma hora?

Do site Quartz
Clique na imagem para ampliá-la

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Os meninos crescem…

“Eu vou pegar aquele trem 
Não tente me impedir, mamma 
Faz tempo que você me tem 
Agora eu quero ir 

Eu quero expor meu norte ao vento 
Leste, oeste, sul, mamma 
Sua bênção pra mim 

Você já teve o seu neném 
Você já teve a mim, mamma 
Vou me perder, vou ser ninguém 
Muito além do jardim 

O quanto ainda em sua saia 
Invulnerável você vai me querer? 
Sua bênção pra mim”

Trecho de Mamma, música em inglês de Gilberto Gil, traduzida por Arnaldo Antunes
Para ouvir Arnaldo cantá-la, clique aqui

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Morto pode usar Vivo?

“Pior uma amiga minha que foi a um velório e deixou o celular cair dentro do caixão. Rarará!”

Do humorista José Simão

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Sempre haverá uma gatinha para um tigrão?

Quadrinho de Angeli
(clique na imagem quando quiser ampliá-la)

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

O que é pior: o ufanismo de Estado ou o de mercado?

Clique na imagem para ampliá-la

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Número mágico

“Agora a história mudou
Fica quietinho e não se intromete
Você não deu valor
Bobeou, perdeu, então vê se me esquece

Larguei mão de ser otária
Só me fez mal e não me merece
Você tem que ser pisado
E judiado, servir pra tapete
Dominei o meu coração
Ele é bonzinho e me obedece
Aprendi uma nova lição
Que com certeza te enlouquece

Teoria da Branca de Neve
Por que só ter um, se eu posso ter sete?”

Teoria da Branca de Neve, funk com Mc Mayara
Imagem de Amostra do You Tube
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz