Arquivo de janeiro de 2014

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Picolé

“Por que que a vovó tá fria?
Será que ela morreu
Ou tem catalepsia?
Ou tem narcolepsia?”

Trecho de Por Que Que a Vovó Tá Fria, uma das músicas infantis para adultos
que Carlos Careqa lançou recentemente 
Imagem de Amostra do You Tube
Compartilhar

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Bola de cristal

O que você e eu poderíamos ter sido se não fôssemos você e eu?

A partir de uma reflexão do romancista espanhol Albert Espinosa 

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

O verdadeiro show das poderosas?

Imagem de Amostra do You Tube
Um Beijo pras Travesti, funk da MC Xuxú

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Segurança e liberdade só fazem sentido se andarem juntas?

“Em suas inúmeras obras, o sociólogo polonês Zygmunt Bauman discute dilemas muito presentes no universo dos homens e das mulheres que tenho pesquisado. Ele afirma que há dois valores absolutamente indispensáveis para uma vida feliz: a segurança e a liberdade. Para ele, não é possível ser feliz e ter uma vida digna e satisfatória na ausência de qualquer um dos dois. Segurança sem liberdade é escravidão. Liberdade sem segurança é caos.”

Trecho de A Bela Velhice, livro da antropóloga Mirian Goldenberg 

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Teimosia

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Quem diz “te amo” tem mesmo noção do que diz?

“el amor es una cosa y la palabra amor es otra cosa
y sólo el alma sabe dónde las dos se encuentran 
y cuándo
y cómo
¿pero el alma qué puede explicar?”

Trecho de Lluvia, poema do argentino Juan Gelman
Recitado pelo próprio Juan
Dica de Iara Freiberg
Imagem de Amostra do You Tube

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Deve-se levar a sério o crítico que é impermeável à autocrítica?

Quadrinho de Charles M. Schulz
Dica de Lisa Ho

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Falando grego

Dica de Naiah Mendonça
(clique na imagem para ampliá-la)

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Nem rolezinho sem zoeira pode?

Imagem de Amostra do You Tube
Hiato, documentário dirigido por Vladimir Seixas

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Brinde não se recusa?

“Promoção! Estacione aqui e ganhe uma multa, quatro pontos na carteira e 20 pontos na testa!” 

Placa num portão em Pinheiros, bairro de São Paulo
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz