Arquivo de agosto de 2010

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Cor de burro quando foge

É a mesma do vento?

Compartilhar

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Como, de repente, o sangue do meu sangue se tornou sangue de outro sangue?

“Espantava-o que sob cabelos que possuíam odor idêntico aos seus grelassem ideias diversas das que penosamente armazenara em anos e anos de hesitações e dúvidas. Surpreendia-se que para além de tiques e de gestos a natureza se não houvesse empenhado em transmitir a suas filhas também, a título de bónus, os poemas de Eliot que conhecia de cor, a silhueta de Alves Barbosa a pedalar nas Penhas da Saúde, e a aprendizagem já feita do sofrimento.”

Trecho do romance Memória de Elefante, de António Lobo Antunes

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Posso ser imigrante em Coimbra?

Imagem de Amostra do You Tube
Animação com Bruno Aleixo, personagem que lembra um Ewok
e que faz muito sucesso em Portugal
Dica de Georgia Barcellos

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Aniversário

Mais um ano de vida ou menos um ano de morte?

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Não sabe como usar vírgulas?

Fácil. Use-as sempre que quiser respirar.
Maiúsculas? Sempre que se julgar Deus.
Minúsculas? Sempre que acreditar em Deus.
Exclamação? Sempre que se apaixonar.
Reticências? Sempre que se desapaixonar.
Ponto final? Sempre que morrer.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

O que se pode esperar de um sujeito que sai às ruas sem calça?

“O Pato Donald me apalpou.”

Denúncia da norte-americana April Magolon. Ela resolveu processar a Disney World depois
que alguém, usando a fantasia do personagem emplumado, lhe apertou os seios no
parque de diversões

Parece que o cara é reincidente…

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Por que, às vezes, o corpo rejeita o próprio dono?

“Ele não tinha sensibilidade para dança, nenhuma aptidão. Vi isso desde o primeiro momento, pelo modo de ele andar. Ele não estava à vontade com seu corpo. Ele se movimentava como se o corpo dele fosse um cavalo que estava montando, um cavalo que não gostava do cavaleiro e resistia.”

Trecho de Verão, romance de J.M. Coetzee

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Qual a sede que jamais se sacia?

 
Cartum de Jean

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Prestativa

“- A fulana abandonou essa aí desde que nasceu. Pra ela sou a única mãe.
– Da outra nem se lembra.
– Agora a desgracida quer a menina…
– Ah, não.
– …assim que faça 10 anos.
– E disse…
– …por quê?
– ?
– Aí já lava uma loucinha.”

Ministória de Dalton Trevisan

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Nunca sonhou com um romance psicotropical?

“Quem me falou que você era o tal
Esqueceu do detalhe do seu Gardenal”

Trecho da canção Meu Louquinho,
de Luciana Simões (integrante do duo Criolina)
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz