Seria mesmo uma boa viajar no tempo?

“Sonhei que eu tava no futuro 
E resolvi pular o muro 
Mas muro já não existia 
Até aí tava legal, criei um muro virtual 
Mas o chip de coragem que eu tinha implantado 
Não era compatível com o pulo instalado 
Então me teletransportei para o passado 
E quis comer um frango assado.

Aquele certamente não era o meu dia 
Num passado tão remoto, não tinha padaria 
Pensei em tomar uma cerveja gelada 
Mas a geladeira ainda não havia sido inventada 
Vamos caçar?, disse o cara do lado 
Deixa pra lá, onde é que é o supermercado? 
Voltou com uma galinha viva
Eu pensei: meu Deus, que coisa primitiva! 
Com um sorriso nos lábios, sem maldade, ele falou contente 
Torce o pescoço até matar, depois depene em água quente 
Eu disse: chega ! Eu quero voltar pro presente!”

Trecho de Samba Estranho, composto por Paulo Padilha
e interpretado por Juçara Marçal
Imagem de Amostra do You Tube
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz