Por que tanta ânsia de compreender se caminhamos inexoravelmente para o incompreensível?

“- Há quem afirme não conseguir entender o que o senhor escreve mesmo depois de ler duas ou três vezes. Poderia sugerir algo a esse tipo de leitor?
– Que leia quatro vezes.”

Do romancista William Faulkner
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz