Permite-me uma anedota de português?

Manuel desembarca no aeroporto com duas malas imensas. Quando chega à alfândega, um funcionário o cumprimenta:
– Como vai? Tudo joia?
– Não, senhor. Metade é joia, metade é cocaína.

Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz