Me amedronta que eu gosto

“As pessoas acreditam que estão expondo a intimidade no Facebook. Mas, na verdade, não. Mudou o critério de intimidade. O que é íntimo, de verdade, as pessoas não mostram. Por quê? Porque, quando é íntimo, é conflituoso. O sexo pode ser íntimo para uma pessoa e não para outra. Aliás, parte da graça do sexo é que é tremendamente conflituoso e angustiante. Senão, seria como comer bife. O medo da perda, da invasão e do excesso está sempre presente. O número de fantasias, pavores e expectativas que acompanha a sexualidade é enorme, e aí é que se encontra a graça.”

Do psicanalista Leopold Nosek
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz