Hellcife

Depois de morrer, o devasso tentou entrar no Céu.
– Nem pensar, retrucou São Pedro. Pode descer e se acertar com Satanás.
Sabendo que não tinha como dissuadir o guardião do Paraíso, o devasso saiu à procura do demônio. Caminhou um bocado até avistar um imenso grupo de homens e mulheres que, inteiramente nus, se esbaldavam: bebiam e fumavam todas, dançavam, transavam.
– É aqui o Inferno?, perguntou.
– Não, aqui é o Recife. O Inferno fica mais adiante.

A partir de Febre do Rato, filme de Cláudio Assis 
Compartilhar

1 Comentário para “Hellcife”

  1. gianni disse:

    O inferninho mais lindo e mais amado!

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz