Bahia

– Quanto é o acarajé?
– 4,50.
– Aceita Visa?
– Aceita.
– Me vê seis.
(Passa o cartão, digita a senha.)
– Não tem acarajé.
– Mas eu já paguei.
– Tem não.
– E agora?
– Cabô.
– Me vê em tapioca então.
– Vixi, meu rei, se quisesse comer tapioca tinha era que chegar mais cedo.

A partir do blog Bons Motivos pro Mundo Acabar

Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz