quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Não há mesmo nada de racional na irracionalidade?

“Dizem que gato não pensa,
mas é difícil de crer.
Já que ele também não fala
como é que se vai saber?

A verdade é que o Gatinho,
quando mija na almofada,
vai depressa se esconder:
sabe que fez coisa errada.

E se a comida está quente,
ele, antes de comer,
muito calculadamente,
toca com a pata pra ver.

Só quando a temperatura
da comida está normal,
vem ele e come afinal.

E você pode explicar
como é que ele sabia
que ela ia esfriar?”

Gato Pensa?, canção de Adriana Calcanhotto e Ferreira Gullar
Interpretada por Adriana Partimpim
 Imagem de Amostra do You Tube

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Impávido colosso

Como posso entender o Brasil se não consigo entender nem mesmo o hino nacional?

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

A arma mais letal?

E então a linda mulher o destruiu com a força da indiferença.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Não percebeu ainda que estamos todos à beira de um peteleco?

Do ilustrador gaúcho Lucas Levitan
(clique na imagem para ampliá-la) 

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Um vegetariano compulsivo?

Página do jornal Manaus Hoje

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Não há mal que sempre dure?

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Um brinde à tristeza

“O fim do amor devia ser um evento.
Devia envolver salão, cerimonial.
Por que diabos não? É tão normal.
Por que passar sem reconhecimento,

Convites, ternos limpos? Seja qual
For – desentendimento, quebra-pau -
O fim do amor devia ser um evento.
Devia envolver salão, cerimonial.”

Trecho de O Fim do Amor, poema de Sophie Hannah

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Infelizes daqueles que se mantêm amarrados ao pé da letra?

“— Pai, quem fez o calendário? – pergunta o menino, fascinado com a aparente arbitrariedade do sistema de 365 dias divididos em 12 meses (um deles com 28 dias!) cujos nomes parecem senhas de acesso a mundos misteriosos.
Mas o pai responde:
— A gráfica.”

Educação, microconto de Fabrício Corsaletti

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Um método

- Uau! Quantos livros você tem! Como faz para organizá-los?
- Deixo tudo nas mãos do Ocaso.
- E para localizá-los?
- Deixo tudo nas mãos da Sorte.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Preso à superfície

“O que é o bloqueio de um escritor? Não a simples incapacidade de escrever, mas sim de escrever segundo sua verdade mais profunda: conectando sua imaginação com o centro escuro de uma personalidade que exige emergir sob a forma de relato. Libera-me ou te devoro.”

Trecho de Uma Mesma Noite, romance do argentino Leopoldo Brizuela
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz

versão mobile