domingo, 1 de agosto de 2010

Dicionário profano da Flip

Há quem sacralize a literatura e tudo o que a rodeia. Mesmo assim, livros, autores e editores continuam se revelando demasiadamente humanos. A Festa Literária Internacional de Parati, que atinge neste mês a oitava edição, é cada vez mais uma amostra de como o prosaico se une à discussão elevada de ideias e à leitura de textos sublimes. O evento se tornou de fato uma festa, com todos os ingredientes que as boas celebrações devem ter: gracejos, trapalhadas, maledicências, encontros amorosos, bebedeiras. Os verbetes a seguir reconstituem um pouco do mundano que a cidade fluminense presenciou desde o nascimento da Flip, em 2003

Colaboração: Júlia Contrucci

(mais…)

Compartilhar

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Ao volante de um foguete

Jogar uma espetacular Ferrari California conversível e amarela na mão de um fanático por carros é moleza. Que tal deixar uma com um repórter que nunca deu a mínima para motores?

(mais…)

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Veias Abertas

 
Um ano depois de a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo demitir o maestro John Neschling, as feridas que o episódio provocou ainda não cicatrizaram
(mais…)

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Investigação sobre o amor

Um debate na Flip, um livro e uma instalação buscam compreender por que o escritor Grégoire Bouillier terminou o namoro com Sophie Calle, a cultuada artista contemporânea francesa

(mais…)

sábado, 1 de dezembro de 2007

A maldição da peça escocesa

Doenças e atropelamentos marcam a mais recente montagem de Macbeth e reforçam uma crença de 400 anos:encenar a tragédia de Shakespeare sobre o rei da Escócia traz má sorte

(mais…)

quinta-feira, 1 de junho de 2006

E o ator virou bicho

Ou como Henrique Schafer se transformou em porco e alcançou o sucesso após ensaiar um monólogo durante quatro anos com disciplina marcial

(mais…)

quarta-feira, 20 de outubro de 1999

Tom Zé mastiga vaia contra João Gilberto e cospe música

Soa como provocação, mas Tom Zé diz que se trata apenas de “uma reportagem não-opinativa”. O cantor baiano Antônio José Santana Martins, 63 anos completados na semana passada, acaba de gravar “Vaia de Bêbado Não Vale”, música que tem por inspiração o recente concerto de João Gilberto e Caetano Veloso no Credicard Hall, de São Paulo.

(mais…)

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz