terça-feira, 13 de outubro de 2015

Antropocentrismo?

“O Universo não foi feito à medida do ser humano, mas tampouco lhe é adverso: é-lhe apenas indiferente.”

Do astrofísico Carl Sagan
Compartilhar

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Não acha que esse papo de empreendedorismo está indo longe demais?

Cartum de Canary Pete

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

O desespero é fashion?

Magérrima, alta e branca, ainda que ligeiramente bronzeada, a jovem tenta atravessar uma cerca de arame farpado enquanto foge da polícia. Traz um lenço em torno dos cabelos desgrenhados, que lembra o das muçulmanas impossibilitadas de mostrar a cabeça nua por determinação de Alá. A blusa, elegante e desabotoada, permite entrever um par de seios pequenos. Tudo indica que a moça se encontra numa zona fronteiriça, parecida com aquelas que milhares de sírios, afegãos e iraquianos cruzam ilegalmente para adentrar a Europa e escapar da miséria ou da guerra. Em meio à tensão, a fugitiva interrompe a correria e, tirando sabe-se lá de onde um smartphone Chanel, faz uma selfie.

A cena – não só improvável, como patética – integra o ensaio fotográfico que Norbert Baksa divulgou no Twitter e Instagram. Sim, o húngaro teve a desfaçatez de “gourmetizar” a tragédia dos refugiados, retratando-a com o mesmo viés erótico e cool que o mundinho da moda emprega para vender roupas, acessórios e padrões estéticos. A modelo Monika Jablonczky protagoniza a série, batizada no masculino e em alemão: Der Migrant  (ou O Migrante).

Mal exibiu as imagens, Norbert levou chumbo grosso. “Inaceitável, macabro, doentio, lixo!”, esbravejaram  internautas de diversas nacionalidades. Muitos aproveitaram a deixa e recordaram que o governo da Hungria vem enfrentando a onda migratória sem um pingo de compaixão. O fotógrafo, que costuma trabalhar para agências publicitárias e revistas como Elle, arriscou uma defesa: “Não pretendi ofender ninguém. Quis apenas jogar mais luz sobre um problema complexo, que afeta os europeus diariamente”. De nada adiantou. Os impropérios prosseguiram com tamanha intensidade que, ontem, o húngaro retirou o ensaio do ar. Depois de vê-lo, uma militante feminista que conheço ironizou: “O tal do Norbert está de parabéns. Conseguiu amontoar os piores ‘ismos’ num balaio só – mercantilismo, sexismo, oportunismo e cinismo”.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Virei meu avô?

“Você sabe que ficou velho quando a única coisa proibida que está usando é o Uber.”

Do publicitário Marcio Zorzella

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Felicidade se acha só em horinhas de descuido?

Foto tirada em São Paulo por Maneco Magnésio
O título de post remete a Barra da Vaca, conto de João Guimarães Rosa

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

O seguro morreu solteiro

Só deixo meu coração na mão de quem pode?

A partir da canção escrita por Katia B, Marcos Cunha, Plínio Profeta e Fausto Fawcett
Interpretada por Katia B
Imagem de Amostra do You Tube

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Sempre há uma escolha?

“Salve-se quem quiser.”

Trecho de Catatau, romance de Paulo Leminski

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Zé Bonitinho

“- Não é verdade que tu me admiras muito? – perguntou o Vaidoso ao pequeno príncipe.
– Que quer dizer ‘admirar’?
– ‘Admirar’ significa reconhecer que eu sou o homem mais belo, mais bem-vestido, mais rico e mais inteligente de todo o planeta.
– Mas só tu moras no teu planeta!
– Dá-me esse prazer. Admira-me assim mesmo!
– Eu te admiro – disse o principezinho, dando de ombros. – Mas de que te serve isso?”

Trecho de O Pequeno Príncipe, fábula de Antoine de Saint-Exupéry

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Quero ver como suporta me ver tão feliz

“Já é a segunda vez que isso acontece. Um casal de amigos se separa. Acompanho os dois pelo Facebook. Ele atualiza seu status de relacionamento. Em meu feed de notícias, aparece o aviso: ‘Fulano de Tal agora está solteiro’. Dois minutos depois, ela, a ex, vai lá e curte. O que interpretar?”

Do jornalista Kadu Palhano
O título do post remete à canção Olhos nos Olhos, de Chico Buarque
Interpretada por Chico e Maria Bethânia, que também conversam sobre a música
Imagem de Amostra do You Tube

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Qual a distância entre o sonho e a realidade?

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz