Vai chover?

“- Em teu parecer, meu impertérrito amigo, abater-se-á hoje, sobre a nossa urbe, uma formidanda intempérie?
– Augure do tempo fora eu, pressagiá-lo-ia libentissimamente. Todavia, de tal não me trato.”

Do ficcionista João Ubaldo Ribeiro, imaginando um diálogo entre ele e o romancista Rubem Fonseca caso ambos seguissem à risca o senso comum de que “escritores falam difícil”
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz