Sem culpa de ter culpa

“- Sentia-se culpada quando ia trabalhar e deixava seus filhos pequenos?
– Graças a Deus! (risos) Toda mãe sente culpa. Com o advento de Freud, então (risos)… Ele sempre coloca a culpa na mãe, só depois vem o pai.”

Da atriz Fernanda Montenegro, em conversa com a jornalista Nina Lemos  
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz