Quer se tornar artista? Veja se aguenta o tranco

“- o artista nunca deve mentir a si próprio ou aos outros
– o artista não deve roubar ideias de outros artistas
– os artistas não devem comprometer seu próprio nome ou comprometer-se com o mercado de arte
– o artista não deve matar outros seres humanos
– os artistas não devem se transformar em ídolos
– os artistas não devem se transformar em ídolos
– os artistas não devem se transformar em ídolos

– o artista deve evitar se apaixonar por outro artista
– o artista deve evitar se apaixonar por outro artista
– o artista deve evitar se apaixonar por outro artista

– o artista deve ter uma visão erótica do mundo
– o artista deve ter erotismo
– o artista deve ter erotismo
– o artista deve ter erotismo

– o artista deve sofrer
– o sofrimento cria as melhores obras
– o sofrimento traz transformação
– o sofrimento leva o artista a transcender seu espírito
– o sofrimento leva o artista a transcender seu espírito
– o sofrimento leva o artista a transcender seu espírito

– o artista nunca deve estar deprimido
– a depressão é uma doença e deve ser curada
– a depressão não é produtiva para os artistas
– a depressão não é produtiva para os artistas
– a depressão não é produtiva para os artistas

– os artistas devem procurar a inspiração no seu âmago
– quanto mais se aprofundarem em seu âmago, mais universais serão
– o artista é um universo
– o artista é um universo
– o artista é um universo

– o artista não deve ter autocontrole em sua vida
– o artista deve ter autocontrole total com relação à sua obra
– o artista não deve ter autocontrole em sua vida
– o artista deve ter autocontrole total com relação à sua obra

– o artista deve compreender o silêncio
– o artista deve criar um espaço para que o silêncio adentre sua obra
– o silêncio é como uma ilha no meio de um oceano turbulento
– o silêncio é como uma ilha no meio de um oceano turbulento
– o silêncio é como uma ilha no meio de um oceano turbulento

– o artista deve reservar para si longos períodos de solidão
– a solidão é extremamente importante
– longe de casa
– longe do ateliê
– longe da família
– longe dos amigos
– o artista deve passar longos períodos de tempo perto de cachoeiras
– o artista deve passar longos períodos de tempo perto de vulcões em erupção
– o artista deve passar longos períodos de tempo olhando as corredeiras dos rios
– o artista deve passar longos períodos de tempo contemplando a linha do horizonte onde o oceano e o céu se encontram
– o artista deve passar longos períodos de tempo admirando as estrelas no céu da noite

– o artista deve evitar ir para seu ateliê todos os dias
– o artista não deve considerar seu horário de trabalho como o de funcionário de um banco
– o artista deve explorar a vida e trabalhar apenas quando uma ideia se revela no sonho, ou durante o dia, como uma visão que irrompe feito uma surpresa
– o artista não deve se repetir
– o artista não deve produzir em demasia
– o artista deve evitar poluir sua própria arte
– o artista deve evitar poluir sua própria arte
– o artista deve evitar poluir sua própria arte

– os monges budistas entendem que o ideal na vida é possuir nove objetos:
1 roupão para o verão
1 roupão para o inverno
1 par de sapatos
1 pequena tigela para pedir alimentos
1 tela de proteção contra insetos
1 livro de orações
1 guarda-chuva
1 colchonete para dormir
1 par de óculos se necessário
– o artista deve tomar sua própria decisão sobre os objetos pessoais que deve ter
– o artista deve, cada vez mais, ter menos
– o artista deve, cada vez mais, ter menos
– o artista deve, cada vez mais, ter menos”

Trecho do Manifesto sobre a Vida do Artista, de Marina Abramovic
Dica de Gisele Kato 
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz