Professor Pasquale

“Como a reforma da língua portuguesa foi ortográfica e não gramatical, o coletivo de pobre continua sendo ônibus?”

De uma carta enviada à coluna Barbara Responde, da extinta Revista da Folha
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz