Poluimos o mundo para nos apropriar dele?

“Os tigres urinam quando pretendem delimitar sua toca. Javalis e camurças fazem o mesmo. Imitamos esses animais? Acredito que sim, é como vejo, como sinto. Quem cospe na sopa ou na salada garante sua propriedade. Ninguém se deita em lençóis usados por outra pessoa; eles passam a ser de quem usou. De maneira inversa, para receberem seus clientes, o hotel e o restaurante limpam a roupa de cama e a mesa. (…) A etologia, a ciência dos comportamentos animais, descreve amplamente ninhos, terreiros, covis, buracos, nichos ecológicos… ou seja, os hábitats, e também a maneira como a sujeira dos machos os definem e protegem.”

Trecho de O Mal Limpo, livro de Michel Serres
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz