Onde mora o Amor?

“Ele não caminha no chão (…), mas anda e vive no que há de mais tenro no mundo, pois constrói sua morada no caráter e na alma dos deuses e dos homens; não, porém, indiferentemente em toda alma. Daquela em que encontra um caráter duro, o Amor se afasta. Naquela em que depara um caráter delicado, ele se aloja. Portanto, sempre em contato com o que há de mais delicado entre as coisas mais delicadas, o Amor tem de ser delicadíssimo. (…) Ele  não pousa em corpo ou alma ou qualquer outra coisa que não dê ou já tenha deixado de dar flores, mas onde houver um lugar florido e perfumado, ali pousa, ali fica.”

Trecho da fala de Agatão em O Banquete, um dos diálogos de Platão
Compartilhar

1 Comentário para “Onde mora o Amor?”

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz