Meu sonho? Parar de sonhar-te

“Quando penso em ti, o pensamento enlaça
À tua volta como a vinha, em árvore,
De folhas largas cobre onde se escore,
Traçando véu no bosque que ela embaça.
Porém, minha palmeira, que se entenda:
Não quero o meu pensar em vez de ti,
Que és tão melhor! Melhor, se estás aqui
Como a árvore forte que já estenda,
A desnudar o caule, altivos ramos.
Que esses liames a te atrapalhar
Caiam rompidos pois de onde passamos!
Tão contente, ao te ver, de te escutar
E respirar o ar novo que nos damos,
Em ti nem penso mais – estou a estar.”

Poema de Elizabeth Barrett Browning, traduzido por Leonardo Fróes
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz