Mãe, por que me decepcionaste?

“Estamos lendo o jornal no terraço da nossa suíte num hotel de Nova York. Um dia de outono impecável. Nossa filha de 2 anos está sentada, feliz, a nosso lado, tomando mamadeira. Ela pula da cadeira e se abaixa, olhando alguma coisa no chão. Tira a mamadeira da boca, me chama e aponta para uma abelha, imóvel. Fica alarmada, balança a cabeça como se dissesse ‘não, não, não’. Aí diz: ‘A abelha parou’. E me ordena que ‘faça ela se mexer’. Na época, ela acreditava que eu tinha o poder de reanimar os mortos.”

Trecho de A última palavra, texto memorialístico de Carol Blue, viúva do polemista Christopher Hitchens
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz