Luta de classes

“- Não quero.
– Hã?
– Já disse que não quero.
– O quê?
– Chocolate.
– Chocolate?
– Você quer me vender chocolate, não é?
– Que chocolate, minha senhora?!!
– Bala-chiclete?
– Não, porra!
– O senhor é Hare Krishna, não é?
– Hã?
– Da Igreja Amanhecer em Cristo, essas coisas?
– Não!
– É cego?
– Cego?
– Tá com uma ferida e quer comprar remédio?
– Chega, caralho!
– O quê?
– Isso é um assalto, não tá vendo? (…)
– E por que você não faz alguma coisa?
– Eu?
– Chama a polícia?
– Essa velha é doida!
– Quem é doida?
– Chapadona! Passa logo a bolsa.
– Não falei?
– O dinheiro, minha senhora.
– Não quero.
– Hã?
– Já disse que não quero.
– O quê?
– Chocolate.”

Trecho do conto Linha do Tiro, de Marcelino Freire
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz