Comboys do asfalto

“Repetidos acidentes, até fatais, pelo uso de veículos por pessoas inabilitadas recebem entre nós o rótulo de ‘fatalidade’. Mas há fatalidades previsíveis, que podem ser evitadas e não o são. Quem se responsabiliza por elas? A adoção de equipamentos e instrumentos que dependem de maturidade e habilitação para ser manejados deu-se no Brasil como uma espécie de salto do passado ao futuro, sem passagem pelo presente da ressocialização e da reeducação para seu uso. Pulamos da era do cavalo para a era da máquina, dirigindo máquina como quem dirige cavalo. A diferença é que o cavalo é um animal que age inteligentemente, mesmo quando o cavaleiro é burro.”

Trecho de Na arena da transgressão, artigo do sociólogo José de Souza Martins
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz