Xucro

“Ainda que por cavalo me tomem
Que estes, então, não me domem
Porque quem domar pode o homem
Quem nunca o animal domar pôde?
E, logo, quem não domar pode
O bicho ou homem, então como
Domar-me, se a mim não me domo?”

Trecho de O Centauro, poema de Paulo César Pinheiro
Para ouvir o autor recitá-lo, clique aqui
Compartilhar

1 Comentário para “Xucro”

  1. pequeña disse:

    com x ou com ch? hahaha

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ‘0 which is not a hashcash value.

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz