O epílogo e o prólogo

É mais desconcertante rever ou prever um grande amor?

A partir da canção Anos Dourados, de Tom Jobim e Chico Buarque
Imagem de Amostra do You Tube
Compartilhar

1 Comentário para “O epílogo e o prólogo”

  1. Érica Elke disse:

    Talvez rever. Prever não é desconcertante, é fulmegante!

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz