A natureza teve aulas com os surrealistas?

“O desastre japonês inverteu qualquer lógica na paisagem humana; todas as coisas ficaram ‘fora do lugar’ e vimos que não há lugar certo para as coisas ficarem, não há paisagem racional: o navio em cima da casa, os edifícios afundando no mar, um manto negro de detritos flutuando calmamente sobre as cidades como se inunda um formigueiro ou se mata uma barata.”

Trecho do artigo Celacanto provoca maremoto, de Arnaldo Jabor
Dica de Georgia Barcellos
Compartilhar

Deixe um comentário

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz