Arquivo de julho de 2015

terça-feira, 14 de julho de 2015

Apenas o PT merece desprezo?

“Escândalo de corrupção na Fifa. Um ex-presidente da CBF é preso. Mas bater panela durante o jogo da Seleção, ninguém bate.”

Do Diário da Dilma, coluna humorítstica da revista piauí
Compartilhar

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Serei uma farsa?

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Por que, cada vez mais, vemos tanta graça em nós mesmos?

sexta-feira, 10 de julho de 2015

A bancada governista no Congresso é um ninho de corvos?

Cría peemedebistas y te sacarán los ojos.

A partir de uma charge de Bennet

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Melhor do que o amor, só a ilusão do amor?

“Na primavera Strephon me beijou
No outono foi Robin
Colin apenas me deu um olhar
E nunca me beijou.

Do beijo de Strephon… nem me lembro mais.
Porque ele me beijou e Robin me beijou.
Mas o beijo que havia no olhar de Colin
Esse me acompanha aonde vou.”

O Olhar, poema de Sara Teasdale

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Falta em dobro

Não ter esperança é também um jeito de perdê-la?

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Igreja Universal do Reino de Zeus

“Qual a melhor solução pra Grécia? Vender a Acrópole pro Edir Macedo!”

Do humorista José Simão

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Ó metade exilada de mim

“Os filhos crescem.
Aquela coisa mais querida do mundo
de repente tem opinião,
derrama por querer a sopa toda,
não para de chorar de pura raiva.

Os filhos crescem.
Querem entrar no grupo que os não quer,
pedem briga, dão gritos pela rua
a clamar eu sou eu
por não saber quem são.

Os filhos crescem
e ficam diante de si como num ringue.
Vão se bater até beijar a lona?
Se duvidarem, vão.

Os filhos crescem.
Desenha-se a existência em cada um,
os pais ficam olhando, que fazer?
E mesmo quando acertam, que é que muda?

Os filhos crescem
e não adianta se querer dar tudo,
nem a alma.
Desejam outras almas,
são outros.

Os filhos crescem.
Sem ler nossos romances para eles,
se metem em capítulos inéditos.
Já não são nós, se sentem vitoriosos.
E continuamos eles…”

Os Filhos Crescem, poema de Paulo Hecker
O título do post  remete a Pedaço de Mim, canção de Chico Buarque
Interpretada por May Honorato e Maylton Honorato
Imagem de Amostra do You Tube

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Freio

“O que eu mais quero?
Menos.”

Da escritora Noemi Jaffe

terça-feira, 7 de julho de 2015

E como faz para desfazer os trabalhos?

Clique na imagem quando quiser ampliá-la
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz