Arquivo de setembro de 2011

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Parra disintristicê, leaozinho, o meu coraçan tão só, basta eu encantrar você nu caminho?

Leãozinho, música de Caetano Veloso, interpretada pela banda norte-americana Beirut
Compartilhar

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Realizou-se?

Não teve mulher nem filhos, mas deixou 532 seguidores no Twitter.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Achou!

Por que você não me joga no Google, me chama de pesquisa e diz que sou tudo que você procurava?

Dica de Georgia Barcellos

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Nada se cria?

“Agora vou mostrar com quantas obras se faz um original.”

Do poeta Paulo Leminski

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Às vezes, não dá saudades da desglobalização?

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Decifra-me e devoro-te

“Não vê que é fome
o que eu sinto por você?”

Do escritor pernambucano Marcelino Freire

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Estamos na era da ignorância bem informada?

“You’re not deep.
You’re not an intellectual.
You’re not an artist.
You’re not a critic.
You’re not a poet.
You just have internet access.”

Do Facebook de Marina Freitas de Almeida

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Ao vencedor, as baratas?

Cartum de André Dahmer

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Deus escreve mesmo certo por linhas tortas?

“Eu careço de que o bom seja bom e o ruim ruim, que dum lado esteja o preto e do outro o branco, que o feio fique bem apartado do bonito e a alegria longe da tristeza! Quero os todos pastos demarcados… Como é que posso com este mundo? Este mundo é muito misturado.”

De Riobaldo, personagem do romance Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Elas podem morder quem as alimenta?

Do blog O Olho da Rua
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz