Arquivo de julho de 2011

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Odiou o logo da Copa no Brasil? Tem quem goste…

Dica de Georgia Barcellos
Compartilhar

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Todas as frutas subiram a montanha. Qual a única que não subiu?

O mamão. Ele foi papaia.

Piadinha contada por uma garota de 11 anos, filha de um amigo

quinta-feira, 28 de julho de 2011

É possível que, em minha cama, haja uma manada?

Clique na imagem para ampliá-la

quinta-feira, 28 de julho de 2011

As máquinas estão governando quem devia governá-las?

“Pensadores como Lafargue, Stevenson, Bertrand Russell, Jerome K. Jerome, Marx e Samuel Johnson apostaram no desenvolvimento técnico como possibilidade de liberação do trabalho. Erraram: na era da tecnociência, nunca se trabalhou tanto e nunca se pensou tão pouco. Assim, o espírito tende a se tornar coisa supérflua. (…) Tantas potências auxiliares mecânicas acabam reduzindo ‘nossas forças de atenção e de capacidade de trabalho mental’, o que se relaciona à impaciência, à rapidez e à volatilidade nunca antes vistas. Assim escreveu Paul Valéry (1871-1945): ‘Adeus, trabalhos infinitamente lentos, catedrais de 300 anos cuja construção interminável acomodava curiosas variações e enriquecimentos sucessivos… Adeus, perfeições da linguagem, meditações literárias e buscas que tornavam as obras ao mesmo tempo comparáveis a objetos preciosos e a instrumentos de precisão! […] Eis-nos no instante, voltados aos efeitos de choque e contraste, quase obrigados a querer apenas o que ilumina uma excitação de acaso. Buscamos e apreciamos apenas o esboço, os rascunhos. A própria noção de acabamento está quase apagada’.”

Trecho do artigo Apologia da Preguiça, de Adauto Novaes

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Dá justa causa?

São Paulo amanheceu com o céu muito azul e o sol brilhando. Mas o mar mandou dizer outra vez que não vem.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Para certas pessoas, o mundo nunca deixa de ser um mundinho?

Não, o Taj Mahal não se chama Taj Mahal por causa daquela música do Jorge Ben Jor…

quarta-feira, 27 de julho de 2011

A solidão do poder

Do site Um Sábado Qualquer…
(clique na imagem para ampliá-la)
Dica de Laila Abou Mahmoud

terça-feira, 26 de julho de 2011

Quem crê necessariamente descrê?

“Somos todos ateus com os deuses dos outros.”

Mensagem em outdoor de Porto Alegre, patrocinado por uma associação que repudia o preconceito contra o ateísmo

terça-feira, 26 de julho de 2011

E se, de repente, os cachorros caíssem em si?

“Já corri para pegar o pauzinho umas dez vezes. Isso é algum tipo de terapia ocupacional, não é?”

A partir de um quadrinho de Bob Thaves

terça-feira, 26 de julho de 2011

Qual a flor que não tem cheiro e todo mundo quer cheirar?

 

Dica de Laila Abou Mahmoud
A pergunta se inspira em Na Asa do Vento, canção de Luiz Vieira e João do Vale
(interpretada por Dolores Duran): “O amor é bandoleiro/ Pode inté custar dinheiro/
É fulô que não tem cheiro/ E todo mundo quer cheirar”
Imagem de Amostra do You Tube
Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz