Arquivo de dezembro de 2009

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Sobre as Festas

O Blog das Perguntas vai parar nos feriados?
Sim, entre os dias 24/12 e 3/1.
Enquanto o blog estiver fora do ar, o autor deixará de fazer perguntas?
Seria apropriado que sim, embora ele tema não conseguir.
O autor do blog vai viajar no réveillon?
Desculpem, mas ele não fala sobre a vida pessoal, a não ser metaforicamente.
O autor acredita em Ano Novo?
Sim, ainda acredita.
O que significa exatamente “acreditar em Ano Novo”?
Por favor, poupem-no de respostas clichês.
O autor também acredita em Papai Noel?
Ele gostaria muito, mas já não sabe como acreditar.
O autor tem algum desejo para o Ano Novo?
Sim: que os leitores, tão gentis em 2009, não o abandonem em 2010.

Compartilhar

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Quanto vale o amor?

– Diz que me ama.
– Aí é mais caro.

Microconto sem título de Beto Villa

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Qual dos dois tem a maior taxa de aprovação?

Charge de Benett

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Sem referência

E se, de repente, destruíssemos todos os espelhos e deixássemos de contar os dias, as semanas, os meses, os anos? Em que momento nos perceberíamos velhos?

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Abrir o coração?

“Toda má poesia é sincera.”

De Oscar Wilde

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Imigração ilegal

“10.995 pulgas, 10.996 pulgas, 10.997 pulgas, 1 grilo… Matita! O que é que esse grilo está fazendo na fila das pulgas?”

Trecho de Pra Nhá Terra, espetáculo teatral com o grupo Ponto de Partida e os Meninos de Araçuaí

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

A culpa agora é do Rex?

“Esqueça a mobília arranhada e as manchas suspeitas no carpete da sala de estar: seu animal de estimação repentinamente tem acusações bem mais sérias a responder, e envolvem nada menos do que o futuro ambiental do planeta. Brenda e Robert Vale são professores de arquitetura na Universidade Victoria, na Nova Zelândia, e se especializaram em sustentabilidade. Eles defendem que as emissões de carbono de um cachorro de estimação (do tamanho de um pastor alemão) são duas vezes maiores que as de um Toyota Land Cruiser com motor de 4.600 cilindradas que rode 10 mil quilômetros anuais. (…) Em lugar de comparar o volume de dióxido de carbono produzido – o método normal de avaliar as emissões de carbono –, os Vale calcularam a quantidade de terra necessária para cultivar o alimento que ‘aciona’ um cachorro, um gato ou um carro. Com isso, de acordo com o casal, 0,84 hectare de terra cria comida suficiente para alimentar um pastor alemão durante um ano, mas apenas metade desse espaço seria necessária – caso todos os alimentos fossem convertidos em formas de energia que um carro possa utilizar – para manter um Land Cruiser rodando pelo mesmo período.”

Trecho da resenha Cães Poluidores, de Rob Sharp

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Trapaceiro

“Menina, vamos jogar o jogo da douradinha?
Se eu perder, você me ganha
Se eu ganhar, você é minha”

Jogo da Douradinha, cantiga de domínio público

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Uma princesa punk?

Quadrinho de Kioskerman
(clique na imagem para ampliá-la)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Rir é o melhor remédio?

“Vivo num Parkinson de diversões.”

Do ator Paulo José, fazendo piada sobre o mal de Parkinson, que o acomete há 16 anos

Contato | Bio | Blog | Reportagens | Entrevistas | Perfis | Artigos | Minha Primeira Vez | Confessionário | Máscara | Livros

Para visualizar melhor este site, use Explorer 8, Firefox 3, Opera 10 ou Chrome 4. Webmaster: Igor Queiroz